Domingo, 23 de Setembro de 2007

MySQL chrooted

Uma coisa que eu costumo fazer sempre nos servidores que instalo é "chrootar" o MySQL e aplicar-lhe alguns truques (que ficam para outro artigo) para o tornar o mais seguro possível.

Vou assumir um MySQL instalado tal como neste artigo que escrevi anteriormente e a funcionar perfeitamente. Para o verificar, executar:

# mysql -p

Para tudo estar bem, deve aparecer o seguinte:
mysql> show databases;
+----------+
| Database |
+----------+
| mysql |
| test |
+----------+
2 rows in set (0.00 sec)
mysql> quit;
Adiante para o chroot...

É necessário criar a seguinte estrutura de directórios:

# mkdir -p /chroot/mysql/dev
# mkdir -p /chroot/mysql/etc
# mkdir -p /chroot/mysql/tmp
# mkdir -p /chroot/mysql/var/tmp
# mkdir -p /chroot/mysql/usr/local/mysql/libexec
# mkdir -p /chroot/mysql/usr/local/mysql/share/mysql/english


Os direitos de acesso a estes directórios devem ser os seguintes:

# chown -R root:sys /chroot/mysql
# chmod -R 755 /chroot/mysql
# chmod 1777 /chroot/mysql/tmp


Agora, têm que ser copiados alguns ficheiros para esta estrutura de directórios:

# cp /usr/local/mysql/libexec/mysqld
 /chroot/mysql/usr/local/mysql/libexec/
# cp /usr/local/mysql/share/mysql/english/errmsg.sys
 /chroot/mysql/usr/local/mysql/share/mysql/english/
# cp /etc/hosts /chroot/mysql/etc/
# cp /etc/host.conf /chroot/mysql/etc/
# cp /etc/resolv.conf /chroot/mysql/etc/
# cp /etc/group /chroot/mysql/etc/
# cp /etc/master.passwd /chroot/mysql/etc/passwords
# cp /etc/my.cnf /chroot/mysql/etc/


Dos ficheiros /chroot/mysql/etc/passwords e /chroot/mysql/etc/group,
removem-se todas as linhas, excepto as respeitantes ao MySQL.


Tem que ser criado um device file especial para o /dev/null:
# mknod /chroot/mysql/dev/null c 2 2
# chown root:sys /chroot/mysql/dev/null
# chmod 666 /chroot/mysql/dev/null


E copiar a base de dados dos previlégios do MySQL:

# cp -R /usr/local/mysql/var/ /chroot/mysql/usr/local/mysql/var
# chown -R mysql:mysql /chroot/mysql/usr/local/mysql/var
O MySQL está pronto a ser executado num ambiente chrooted:

# chrootuid /chroot/mysql mysql /usr/local/mysql/libexec/mysqld &
Bem, quando tiver pachorra, escrevo um artigo sobre como correr o Apache também em ambiente chrooted e como integrar com o PHP e o MySQL de modo a fazer um todo coerente.


A ouvir: Yet Another Movie, Pink Floyd
YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=Ep9RTAmH5Rw

tags:
publicado por gamito às 00:28
link do post
Os comentários são da exclusiva resonsabilidade dos seus autores.
Mário Gamito, 2004 - 2007
Todos os direitos reservados.

Mais sobre mim

pesquisar

Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

Posts recentes

Portagens

Há 20 anos atrás... *sigh...

Vou criar a minha própria...

Finalmente

SAPO codebits

Sporting

Caixa Mágica e Mandriva

A1 Aveiro - Lisboa

Browser mamão

gFTP

PlayStation 3 e Sony

Mas quem é o gajo ?

Negócios do Open Source

Não estão fartos disto ?

Naughty, naughty

PHP chrooted

Joomla

Novo Projecto

MySQL :: It's the ctl, st...

MySQL :: Just a little ti...

MySQL chrooted

BASH, stdout e stderr

4 kb stack ou 8kb stack

A funny guy...

Truques, Minas e Alçapões...

Truques, Minas e Alçapões...

Logs do mrtg

Salmos, 23

Servidor caseiro - XXVII

Servidor caseiro - XXVI

Servidor caseiro - XXV

Números de telemóvel aban...

Servidor caseiro - XXIV

Humm...

Servidor caseiro - XXIII

Servidor caseiro - XXII

Servidor caseiro - XXI

Servidor caseiro - XX

Servidor caseiro - XIX

Ubuntu : O Enigma

Leixões 1 - Benfica 1

Servidor caseiro - XVIII

Servidor caseiro - XVII

Servidor caseiro - XVI

Servidor caseiro - XV

Servidor caseiro - XIV

Servidor caseiro - XIII

Servidor caseiro - XII

Servidor caseiro - XI

Servidor caseiro - X

Arquivos

Contacto

gamito@gmail.com

No Planeta Geek

tags

todas as tags

subscrever feeds